Google+

Banner

Menu

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Tera: Boas ideias iniciais e um endgame chato | Análise


Tera é outro Action MMORPG, mas diferente de Vindictus ele é de exploração normal, assim como World of Warcraft, apenas tendo de diferente seus mecânicas de combate.

Joguei Tera em 2014, em alguns aspectos foi divertido, mas a repetição do jogo me cansou com o tempo.

Em Tera temos um vasto mundo aberto para explorar e vamos seguindo uma campanha que muda o mundo pouco a pouco. Ele, portanto, tem uma história, que não é rica, mas está lá, te mantendo minimamente interessado no que está por vir.

O sistema de combate não usa targets, você mira manualmente e vai tentando acertar o bicho pela proximidade, para os magos é ainda mais estranho porque você tem que decorar a distancia de suas magias para acertar as criaturas com perfeição, principalmente quando se trata de magias de área. A vantagem é a novidade, e a agilidade com que as classes se mexem (esse modelo de jogabilidade sem marcar alvos é conhecido hoje como "Action MMORPG").

A raça de lolis com orelhas e rabos de vários animais diferentes é a mais popular do game.
Infelizmente as classes nesse jogo são extremamente desbalanceadas, como em quase todos os MMORPG, mas nesse aqui é ainda pior. Existe uma classe de 2 botões que é mais forte que todas as outras, e pior, é divertida de jogar ainda.

Para evoluir de level isso faz diferença também, já que com algumas classes é ridículo de solar bosses do mundo aberto, e com outras muito difícil. Bosses em terrenos abertos, vale citar, são um dos maiores charmes desse jogo, é bem divertido lutar contra eles (exige muito mobilidade, nada de tank spank) e a recompensa em XP e itens é boa.

Evoluir de level nesse jogo é divertido pela novidade, mas como todos os freemiuns recentes ele tem o velho problema do endgame pobre, que em poucos meses vai te deixar sem o que fazer. O gráfico é um pouco pior que o de Vindictus também, ainda que seja bonito.

Eu recomendo? Bem, eu gostei mais de Vindictus (ele inova mais), mas para quem tiver problemas em jogar Vindictus devido a complicação da instalação e habilitar para jogar no servidor chines ou dos EUA, esse aqui é uma opção mais simples e fácil de testar. É só baixar o laucher no site que ele faz todo o resto sozinho.


****

    Post Mix

Nenhum comentário:

Postar um comentário