Google+

Banner

Menu

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Corações de Ferro | Crítica


5 soldados em um tanque acompanhando a triste realidade da segunda guerra mundial.

Embora tenha Brad Pit no elenco (em uma excelente atuação por sinal), o protagonista desse filme é Loga Lerman, o novato da equipe, que recém inciado na guerra não foi calejado pelos seus horrores, e portanto reage como tal, não querendo matar ninguém, ingenuo, fechando os olhos pra tudo, ect. Dá raiva das besteiras dele no início, mas gradativamente ele se transforma em mais um da equipe, e começa a fazer sua parte, mesmo que ainda horrorizado com o baque psicológico que toda aquela desgraça causa, e da-lhe desgraçada que o roteiro faz ele presenciar, é quase sádico.

Por outro lado acho interessante como esse filme não tenta, como muitos do gênero, pregar todos os alemães como vilões. Em geral tem pessoas boas em ambos os lados da guerra, que na maioria dos casos só estão cumprindo ordens.

Os outros 4 personagens fora Lerman fazendo bons papeis. Desde os mais amigáveis a um mais nojento e de má índole, mas que ainda tem espirito de companheirismo. Mesmo com seus empolgantes combates entre tanques, é a dinâmica desse grupo de 5 pessoas a melhor parte do filme. E é nisso que ele foca, permitindo ao telespectador simpatizar com cada um deles depois das 2 horas do filme.

Nota: 8.5/10

Trailer:



****

    Post Mix

Nenhum comentário:

Postar um comentário