Google+

Banner

Menu

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Click: Adam Sandler nos bons tempos | Crítica


Embora ele esteja meio fraco hoje em dia, eu gosto de muitos filmes antigos do Adam Sandler, com Click sendo de longe o meu preferido.

E se você pudesse ter um controle para pausar, acelerar, alterar, ou mesmo facilitar sua vida? Essa é a proposta da ficção Click, dando esse controle mágico nas mãos de um cara não tão feliz com sua condição de vida atual.

Quem não consegue se identificar com um cara que não tem tempo para a familia por causa do trabalho? É algo mais comum a cada dia. Alguns já passam por isso, outros veem isso em alguém da família. É legal como esse filme consegue passar uma situação dramática com um bocado de humor. 

A história é bem simples e as contantes passagens de tempo que acontecem depois que o protagonista começa a usar o controle para facilitar sua vida mantem tudo em contante movimento, e o público ansioso. O final, alternando do tom cômico que o filme tinha até ali, puxa um pouco mais pro drama, e funciona (bem, ao menos funcionou pra mim).

Click é engraçado, emocionante e consegue passar uma mensagem de vida muito bonita. É um filme relativamente leve que vale muito a pena para quase qualquer pessoa. Fica a recomendação.

Nota: 9/10

Trailer:



****

    Post Mix

Nenhum comentário:

Postar um comentário